Economizadores de energia

Um dos maiores encargos para as famílias é a fatura da eletricidade. As contas avultadas levam os consumidores a procurarem alternativas de poupança. No entanto, a DECO quer alertar os consumidores para a publicidade enganosa relacionada com os chamados economizadores de energia.
 
Desde 2012 que a DECO testa este tipo de produtos e comprova que se tratam meramente de publicidade enganosa, não levando a qualquer poupança de energia. Autênticas cópias uns dos outros, estes aparelhos prometem poupar entre 30 a 75% de eletricidade e custam entre 10 a 80 euros.
Realizámos testes de laboratório que comprovaram que estes aparelhos se tratam de meras caixas com um circuito elétrico simples e um condensador que apenas servem para os consumidores desperdiçarem dinheiro.
Medimos o consumo de um aspirador e de um micro-ondas, com e sem recursos a estes aparelhos, e comprovámos que a sua utilização, mantém ou até aumenta, em algumas situações, o consumo de energia elétrica, não trazendo qualquer poupança para as famílias.
A DECO quer ainda alertar para as graves falhas de segurança destes economizadores. Caso toque nos terminais destes aparelhos, pode ser vítima de uma descarga elétrica considerável, de 90 a 190 volts. Sendo que as normas de segurança elétrica ditam que a carga nos terminais de um aparelho não podem exceder os 34 volts.
Perante esta situação a DECO já denunciou esta publicidade enganosa à Direção-Geral do Consumidor e exigiu à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica que retire estes produtos do mercado por não serem seguros.
Se quer poupar na fatura, siga as nossas dicas e descubra a tarifa mais vantajosa no nosso simulador em www.decoproteste.pt ou no site www.energia fantasma.pt
 
Para apoio em questões de consumo ou de sobre-endividamento dirija-se à DECO (deco.norte@deco.pt) ou ao Gabinete de Apoio ao Consumidor da autarquia do seu concelho de residência (Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Macedo de Cavaleiros, Mirandela ou Vila Flor). Estas autarquias têm um protocolo de colaboração com a DECO e prestam apoio gratuito.