Moinho recuperado

  Nas entrelinhas do rio Fervença e junto à Casa da Seda, foi preservado o moinho que outrora moeu toneladas de farinha.             Mostrar à gente nova como era o ciclo do pão, deverá ser interiorizar nos jovens as tradições que fazem a alma de um povo. Mostrar aos turistas as belezas ancestrais é, além do mais, atrair receitas. É assim: através do passado arquitetamos o presente.