Puré de favas com pequeno lombo de bacalhau panado

A receita desta semana é de favas! Pois é muitas vezes para onde nos apetece mandar algumas pessoas… já São Jerónimo as proibia pois dizia que faziam “tilintar os genitais” crença que vinha dos egípcios que acreditavam que os espíritos transmigravam para as favas antes de partirem para o além e os gregos foram na conversa, ora o Santo que traduziu do grego para o latim a chamada *vulgata* pelo sim pelo não proibiu-as e assim deixaram de ser como no tempo dos romanos favas contadas nas votações, se bem que por vezes ainda parecem em certos jogos de futebol!
Ingredientes

400 g de favas sem camisa
6 colheres de sopa de azeite
1 cebola bem picada
2 dentes de alho picados
4 batatas médias cozidas
 
Leve ao lume cinco colheres de azeite a cebola e o alho, deixe alourar, esmague as batatas com um garfo e junte as favas, envolva tudo muito bem, deixe estufar lentamente, durante dez minuto em lume muito brando, mexendo de vez enquanto para não pegar ao fundo, tempere de sal e pimenta. À parte salteie os dados de presunto e chouriço nas duas colheres de azeite e deixe-os tostar bem e no momento de servir acrescente para que se sintam crocantes.
Para o bacalhau

• 4 lombinhos de bacalhau limpos de espinhas com 140 g cada
• 100 g de pão ralado
• 1 colher de salsa picada
• 20 azeitonas pretas sem caroço picadas
• 4 colheres de sopa de azeite
 
Misture o pão ralado com o azeite, a salsa, as azeitonas, tempere de sal e pimenta preta envolva tudo muito bem, coloque por cima dos lombinhos de bacalhau e leve ao forno aquecido a 180g durante quinze minutos, retire do forno.
Num prato de sopa coloque o puré de favas e por cima o lombinho de bacalhau, regue com um fio de azeite, decore com um raminho de alecrim e tomate cereja e sirva, e mande à fava os problemas que esta vida são dois dias e o que importa é o Céu!