Mário de Campos Pinto

«A Igreja Católica é o obstáculo a abater»

1. Há poucos dias, a Pontifícia Comissão Teológica Internacional publicou um extenso documento, intitulado "Deus Trindade, unidade entre os homens. O monoteísmo cristão contra a violência", que foi pedido por Bento XVI e agora terminado e publicado sem dúvida com o assentimento do Papa Francisco.

O dinheiro é de quem o poupa». Ou não?

1. «O dinheiro é de quem o poupa». Era um dito da sabedoria popular, muito frequente na minha criação transmontana. Mas agora parece que é ao contrário. Ninguém quer a austeridade, que é o novo nome da poupança. Muita gente quer que o Estado gaste sempre mais. Para todos podermos gastar também mais. Ao contrário do dito popular antigo, agora gastar é que faz crescer a economia. Fará? Então porque é que a economia não cresceu, quando cresceu tanto o gasto público em Portugal?
 

O novo centralismo democrático (continuação)

5. Particularmente chocante é que esta incompetente proposta de resolução europeia apareceu objectivamente como tentativa de evitar, ou boicotar, uma iniciativa pública popular europeia de grandíssimo volume, a «Iniciativa de Cidadãos Europeus “Um de nós” (“One of us”), empenhada em promover uma cultura de Vida na Europa, pondo cada pessoa e a sua dignidade incomparável no centro dessa cultura.

Um sinal interpelante

1. Quem — pela distância física ou do tempo — está longe do que ama, é quem as mais das vezes se mostra mais atento ao «objecto» do seu amor, pela saudade. E daí que os sinais da «recordação saudosa» sejam mais fortes. Digo isto a propósito de um facto interpelante. Li, em mais do que um lugar (e no Mensageiro de  Bragança), que os ex-alunos do ex-colégio Campos Monteiro, de Moncorvo, criaram uma Associação e, pela décima vez, realizaram um encontro anual, por dois dias, de convívio e de cultura.