Ciclismo

Competição com equipas maiores do que as da Volta a Portugal vem a Bragança

Publicado por AGR em Qui, 2016-03-17 17:05

Tal como o Mensageiro adiantou em primeira mão, a 31ª edição da Volta a Castilha e Leão vai ter uma chegada e uma partida de etapas em Bragança.
Esta competição espanhola tem um estatuto maior do que a própria Volta a Portugal. Apesar de durar apenas três dias (15, 16 e 17 de abril), conta com a participação de equipas como a Movistar, líder do ranking mundial (world tour) ou a Caja Rural do brigantino Ricardo Vilela, para além de W52 FC Porto, Tavira Sporting, Boavista e Efapel.
Ao todo são cerca de 150 corredores que vão chegar a Bragança no dia 15 de abril, vindos de Alcañices, numa primeira etapa "muito difícil e bastante seletiva", como descreveu Carlos Pereira, da organização, esta quinta-feira, na apresentação do evento, em Bragança.
No dia seguinte, sábado, o pelotão parte em direção a Fermoselle, já em Espanha.
O presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, desafiou mesmo Ricardo Vilela a chegar a Bragança "com cinco minutos de avanço para o pelotão". O próprio presidente da Federação Espanhola, Lopez Cerrón, considera que seria "bom para o evento o Ricardo Vilela ganhar a primeira etapa".
O ciclista é que pede calma, pois "esta chegada é mais difícil do que parece, sobretudo com a subida junto ao hospital", mas admite que "um bom resultado seria ganhar".
Para Hernâni Dias, presidente da Câmara de Bragança, esta é "uma boa aposta" e insere-se na política "de promoção do território que tem sido levada a cabo por este município", que aposta em eventos desportivos e outros.
O investimento da autarquia foi de 20 mil euros.

Tags