Torre de Moncorvo

Meio milhar de jovens no Dia Diocesano da Juventude

Publicado por BLR em Ter, 2016-04-19 15:28

Foram muitos os jovens que em Ano Santo da Misericórdia responderam ao convite de D. José Cordeiro e peregrinaram até Torre de Moncorvo, extremo da diocese, para mais uma edição do Dia Diocesano da Juventude.
O encontro aconteceu no passado sábado e contou com a presença de cerca de 500 jovens provenientes dos quatro cantos da diocese bem como da vizinha diocese de Lamego (Vila Nova de Foz Côa).
O acolhimento, no largo da Corredoura, foi breve. Imbuídos pelo espírito da alegria e boa disposição, os jovens rapidamente aceitaram o desafio da organização e aventuraram-se pelas ruas da vila moncorvense cantando e orando em cada um dos oito “trilhos da misericórdia” propostos.
A grande concentração fez-se no átrio da igreja matriz, sede da Unidade Pastoral de S. José, ao som das melodias da Sociedade Filarmónica Felgarense, e onde cada um dos 20 grupos anunciando com fervor a sua presença foi entrando no templo para participar na eucaristia.
Saudando com alegria os presentes, D. José Cordeiro salientou que «não conta o número dos que estão mas conta o caminho que estamos a percorrer». Lembrando as visitas pastorais que está a fazer por toda a diocese, ao longo dos últimos 4 anos, o prelado afirmou que o rebanho é pequeno «e será mais pequenino não apenas porque estão a desertificar as nossas aldeias, as nossas comunidades mas porque é chegada a hora da purificação da fé. Aqueles que verdadeiramente acreditam e seguem o único e belo pastor (Jesus Cristo) são pertença efectiva e afectiva da Igreja, tanto na saúde como na doença, na alegria e no sofrimento, em toda a vida», frisou.
Incitando à vivência na fé, esperança e caridade, D. José exortou os jovens para que sejam «discípulos missionários do Evangelho e vivam a alegria do amor na família da Igreja, como nos recorda, o Papa Francisco. Não tenhais medo de ser santos na Misericórdia. Abri o coração a Jesus Cristo» encorajou o bispo.
 
2017 em Carrazeda
Momento de grande júbilo aconteceu antes da bênção final com o anúncio da realização do próximo Dia diocesano em Carrazeda, Unidade Pastoral de Ansiães.
Após o almoço partilhado, os jovens subiram ao palco e encenaram cada uma das 14 obras de misericórdia. Originalmente ligada à vida, a hematite, pedra de minério existente nas minas de ferro de Torre de Moncorvo foi o símbolo entregue a cada participante no momento do envio.
O Dia Diocesano da Juventude foi organizado pelo Secretariado da Pastoral Juvenil e contou com o apoio da autarquia local e do grupo de jovens “In Vox”.