De quando em Vez………

    João António Pinheiro
Tenente-General (1921-2009)
 
 
Nasceu na cidade de Bragança, a 31 de Julho de 1921. Seu pai, Francisco do Patrocínio Pinheiro, era funcionário dos Correios (CTT), tendo atingido a categoria de Diretor das circunscrições do Alto Alentejo, Ribatejo e Douro Litoral; sua mãe Teresa de Jesus Alves, er4a professora da instrução primária e teve dois irmãos. Casou em 1947 com Noémia Augusta Ferreira Pinheiro, licenciada em farmácia e investigadora no campo da saúde pública e teve um filho Jorge Manuel (1951) licenciado em Direito.
Frequentou o Liceu de Bragança, onde foi sempre o aluno mais classificado; tirou os preparatórios militares na Faculdade de Ciências de Lisboa e ingressou na Escola do Exército em 1941.
Concluiu o curso de Artilharia, após Tirocínio, em 1945, com 15,8 valores (nº2 em 14), sendo promovido a Alferes; e sucessivamente a Tenente (1948), Capitão (1950), Major (1956), Tenente Coronel (1963) e Coronel (1967).
Colocado no IAEM, foi Diretor dos cursos de Estado-Maior e frequentou o Curso de Altos Comandos (1970/71).
Promovido a Brigadeiro (27-07-1971), cumpriu comissão em Angola, como Comandante do Sector de Cabinda e Governador do Distrito (1971-73).
Transitou para a situação de reserva, a seu pedido em 1-10-1975. Em 1977 foi nomeado Presidente da Comissão Diretiva dos Serviços Sociais das Forças Aramadas, a instituição a que presidiu durante 14 anos com excecional competência e empenhamento.