Bragança

Projeto do Museu da Língua Portuguesa já foi escolhido mas não está isento de polémica

Publicado por Glória Lopes em Qua, 2017-05-24 17:19

Já foi escolhido o projeto para o Museu da Língua Portuguesa que ficará instalado nos antigos silos da EPAC, em Bragança. A proposta que ficou em primeiro lugar é da autoria de concorrentes com sede em Lisboa, nomeadamente o Atelier Ramos & Clark e a empresa NextPower Comunicação Lda. Entretanto,desde que o Mensageiro divulgou a notícia, fomos contactados por vários arquitetos que estão a contestar o concurso público, alegando que uma das propostas surgia com elementos identificadores na plataforma de submissão de projetos. Segundo o Mensageiro apurou pelo menos três contestaçoes deram entrada na plataforma de submissão de projetos a concurso, nomeadamente a do segundo classificado. 
O município lançou um concurso público para o projeto ao qual se apresentaram 18 concorrentes. Sete propostas não foram consideradas válidas. O presidente da câmara, Hernâni Dias, explicou que se trata de um concurso de ideias e que o projeto poderá sofrer ajustamentos. Segundo o esboço a que o Mensageiro teve acesso, no exterior é aproveitada a estrutura dos silos para dar a ideia da lombada de livros e no interior existem várias salas dedicadas às exposições sobre a língua.
O Museu da Língua tem direito a um dos maiores investimentos do município no âmbito do PEDU-Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, pois será contemplado com 6,5 milhões de euros. O equipamento, cuja ideia surgiu em 2009 durante os Encontros da Lusofonia, é o primeiro do género a ser lançado na Europa. Existia um Museu da Língua em São Paulo, no Brasil, que foi destruído num incêndio no ano passado.