// Mensagem de Natal de D. José Cordeiro

Batismo – Natal do cristão

Publicado por redação em Qui, 2017-12-21 10:28

O Natal comemora o nascimento de Jesus; o Batismo celebra o natal do cristão. Realmente, ninguém nasce já cristão, tornamo-nos cristãos pelo Batismo, como canta um hino da Liturgia da Igreja: «Filho do Eterno Pai, nascido de Maria, que na água do batismo, nos deste a luz da vida». 
Maria e José, acompanham-nos no caminho do encontro com Jesus Cristo e na proposta alegre da ousadia do Evangelho a comunicar hoje: «Se conhecesses o Dom de Deus!» (cf. Jo 4, 5-42).
A todos e a cada um de vós, especialmente às pessoas idosas, às crianças, aos jovens, aos mais tristes, aos que mais sofrem, aos mais pobres, aos doentes, aos presos, aos migrantes, mostramos a nossa proximidade e desejamos a paz do coração, apelando a que ninguém fique indiferente às lágrimas e às necessidades de vida, de fé e de amor.
A alegria do Natal manifeste a beleza do encontro pessoal com Jesus Cristo, vivido em dinamismo vocacional segundo o qual Deus chama e o ser humano responde.
Viver é Cristo!
Abraço-vos cordialmente por Cristo, com Cristo e em Cristo
Bragança, Advento-Natal 2017
+ José Manuel Cordeiro
 
Baptismo – Natal de l cristiano
[Mensagem em mirandês] 
 
L Natal lhembra l nacimiento de Jasus; l Baptismo festeija l natal de l cristiano. Berdadeiramente, naide nace yá cristiano, tornámo-mos cristianos pul Baptismo cumo canta un hino de la lhiturgie de l’Eigreija: “Filho de l Eiterno Pai, nacido de Marie, que n’auga de l baptismo, mos diste la lhuç de la bida”.
Marie i Jesé acumpánhan-mos ne l camino de l ancontro cun Jasus Cristo i na propuosta alegre de l’ousadie de l Eibangelho a comunicar hoije: “Se conhecisses l Dom de Dius!” (cf. Jo 4, 5-42).
A todos i a cada un de bós, specialmente a las pessonas d’eidade, als ninos, als jobes, als mais tristes, als que mais xúfren, als mais probes, als dolientes, als presos, als migrantes, mostramos la nuossa prossimidade i deseamos la paç de l coraçon, apelando a que naide quede andiferente a las lhágrimas i a las necidades de la bida, de fé i d’amor.
L’alegrie de l Natal manifeste la beleza de l ancontro pessoal cun Jasus Cristo, bibido an dinamismo bocacional segundo l qual Dius chama i l ser houmano responde.
Bibir ye Cristo!
Abraço-bos cordialmente por Cristo, cun Cristo i an Cristo,
Bregáncia, Adbento-Natal 2017 
 

+ Jesé Manuel Cordeiro