Nordeste Transmontano

Nova PAC vai beneficiar agricultores da região

Publicado por António G. Rodrigues em Sex, 2018-01-19 11:41

A proposta para a nova Política Agrícola Comum (PAC) vai beneficiar os agricultores de Trás-os-Montes. A ideia foi defendida na sexta-feira, em Macedo de Cavaleiros, por Arlindo Cunha, antigo Ministro da Agricultura, à margem de um encontro de cooperativas agrícolas, organizada pela Fenazeites e pela Confagri.

“A Comissão apresentou, no final do ano passado, uma comunicação contendo princípios gerais, que está agora a ser objeto de discussão. Haverá propostas concretas lá para o final do primeiro semestre. Mas, nesta altura, a Comissão diz coisas interessantes. Em primeiro lugar, que vai haver uma continuidade. Portanto, não haverá um corte relativamente à política atual. Mas vai haver ajustamentos na distribuição dos apoios da PAC, principalmente nos pagamentos diretos aos agricultores, para que haja mais equidade, ou seja, uma repartição mais equitativa, mais justa, quer entre países da União Europeia, quer entre agricultores de um mesmo país. São questões que nos parecem interessantes, tal como uma manifestação de preocupação em relação ao mundo rural, que no nosso país está muito debilitado. É preciso reforçar os apoios para que as economias do espaço rural sejam mais densas”, explicou o docente universitário, que acredita que daí poderá haver benefícios para os agricultores da região.
 
(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)