Nordeste Transmontano

Crianças e jovens vão ficar sem resposta do SNS na área da saúde mental

Publicado por Fernando Pires em Qui, 2018-06-14 09:23

O alerta foi deixado pela própria especialista, na passada sexta-feira, em Mirandela, durante um seminário sobre saúde mental e interioridade, promovido pela Associação MATIZ.
Elisa Vieira começou por lembrar que o Plano Nacional de Saúde Mental recomenda, desde 2004, uma equipa com 11 profissionais de diferentes valências ligadas à especialidade, mas, em Bragança, “está funcionar com uma pedopsiquiatra, uma psicóloga a meio tempo e uma assistente social a muito menos que meio tempo”, disse esta especialista que está a desempenhar funções há 23 anos no distrito.