Igreja // Diocese

Bispo apela à fraternidade dos padres da diocese na Missa Crismal

AGR em Qui, 02/04/2015 - 12:00

Na homilia da Missa Crismal desta quinta-feira, D. José Cordeiro apelou à fraternidade dos sacerdotes da diocese. “O Padre está para dar a vida entre o povo das nossas paróquias e Unidades Pastorais, educar na fé as crianças e os jovens, acompanhar as famílias, visitar os doentes em casa e no hospital, na Cáritas, nos centros sociais paroquiais, nas santas casas da Misericórdia, nas Fundações canónicas e noutros lugares, servir a todos, especialmente os mais pobres”, disse D. José Cordeiro, recordando o Papa Francisco: “que os Presbíteros sejam «ministros “livres das coisas e de si mesmos”, que lembram a todos que o despojar-se sem nada ter é o caminho para aquela medida alta que o Evangelho chama caridade; e que a alegria mais verdadeira se saboreia na fraternidade vivida». Na verdade, o primeiro dom a que somos chamados a oferecer à Igreja e ao mundo não seja o activismo, mas o testemunho da fraternidade. A fraternidade nutre-se da partilha da experiência da fé, num diálogo que diz disponibilidade para pôr em comum a própria vida com o outro e ajuda os pastores e as pessoas consagradas a redescobrir a alegria de uma vida doada”, frisou o prelado.