Atual // Política

Carlos Guerra formalizou candidatura à Distrital

AGR em Qui, 01/03/2018 - 10:12

Carlos Guerra formalizou a candidatura à Federação Distrital de Bragança do Partido Socialista a meia hora do final do prazo, mas garante que não é isso que o vai impedir de lutar pela reeleição. “O objetivo da recandidatura é dar continuidade ao trabalho que fomos desenvolvendo durante estes dois anos. Não temos a pretensão de concretizar tudo aquilo que nos tínhamos proposto nos dois anos anteriores. Muita coisa aconteceu, muita coisa se passou. Conseguiram-se os objetivos mais estruturais, que foram razoavelmente conseguidos, nomeadamente o aumento do número de militantes, uma maior participação no debate político por parte dos militantes e, sobretudo, aquilo que nos enche de orgulho, que é aquilo que o PS conseguiu, que não acontecia há muitos anos, que foi ter a maioria das câmaras do distrito”, apontou, em jeito de balanço do primeiro mandato.

Carlos Guerra diz-se “orgulhoso” com essa conquista autárquica e espera continuar o trabalho “seguindo os ideais socialistas e republicanos”.

Por outro lado, apontou “o rejuvenescimento daqueles que são hoje os dirigentes” das concelhias do distrito. “O presidente da Federação é apenas o que coordena uma federação de concelhias, onde vemos hoje uma nova geração, com uma grande garra socialista”, disse. Carlos Guerra considera que “haver outra lista é salutar”. “Além da amizade que nos une a todos, também partilhamos todos os mesmos ideais e isso não tem preço”, frisa.
 
(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)