Desporto // CPP

Chicotada psicológica no Mirandela

DV em Qui, 26/01/2017 - 16:55

Pedro Monteiro já não é o treinador do Sport Clube Mirandela. 
O técnico e o presidente da direção do clube alvinegro, chegaram a acordo para colocar ponto final na ligação contratual.
"O oitavo lugar no campeonato", muito longe dos objetivos traçados para esta época, e "as dificuldades financeiras do clube que não possibilitam o reforço do plantel no mercado de Inverno", ditaram este desfecho, revela Pedro Monteiro. 
 O presidente da direção confessa que "foi uma decisão difícil de tomar", porque entende que o técnico "fez um bom trabalho, mas Carlos Correia diz que era preciso mudar algo".
Quanto ao futuro treinador do clube, Carlos Correia deixa entender que a solução vai passar por alguém que possa trazer consigo alguns jogadores, mas que "não aumente o orçamento do clube", garante.
Pedro Monteiro deixa o clube alvinegro no oitavo lugar da fase regular do campeonato de Portugal, com apenas três vitórias, em 17 jogos, quando falta disputar apenas uma partida desta fase, que será no domingo, em casa com o Ponte da Barca. 
Depois, segue-se a fase de manutenção, onde descem, automaticamente , aos distritais, os dois últimos classificados, enquanto o sexto ainda terá de disputar uma eliminatória com o sexto classificado de outra série, em que o vencedor garante a manutenção e o vencido desce ao distrital.
Pedro Monteiro estava no comando técnico do Mirandela, desde Março de 2016, quando substituiu Nuno Barbosa, na quarta jornada do campeonato da época passada, garantindo a manutenção.