Atual // Bragança

Comunidade escolar une-se em defesa de diretor do Agrupamento Miguel Torga

António G. Rodrigues em Sex, 10/03/2017 - 16:04

Mais de 170 elementos da comunidade escolar do Agrupamento Miguel Torga, de Bragança, uniram-se numa moção a enviar ao Ministério da Educação manifestando solidariedade pelo desfecho do processo disciplinar instaurado ao diretor do Agrupamento, José Carrapatoso.
Tal como o Mensageiro escreveu na semana passada, o dirigente foi suspenso (com pena acessória de perda de mandato) na sequência de um processo disciplinar instaurado pelo desdobramento de uma turma para a área de economia, com quatro alunos, oriundos do agrupamento Abade de Baçal, sem que a escola Miguel Torga estivesse autorizada para tal.

A pena foi conhecida entre a comunidade escolar no passado dia 22, em reunião do conselho pedagógico.

Entretanto, na segunda-feira, a escola organizou uma reunião geral para esclarecimento da comunidade escolar, onde muitos mostraram a sua consternação face à decisão do Ministério da Educação. No dia segiunte, portanto, na terça-feira, reuniu o conselho geral da escola para desencadear o processo eleitoral, que deve decorrer ainda no atual ano letivo. Uma reunião em que participou, inclusivamente, o presidente da Câmara de Bragança, Hernâni Dias, que vai integrar a comissão permanente, encarregue de acompanhar o ato eleitoral.

Essa comissão vai ser ainda composta por Fernando Barros (presidente do conselho geral), Lia Gomes, Jorge Novo, Patrícia Lopes (representante da associação de pais), Ana Amado (representante dos alunos) e uma representante do Nerba (enquanto membro da sociedade civil).
Já depois disso, um grupo de mais de 170 docentes, funcionários e alunos decidiram publicar uma moção na comunicação social regional e enviá-la a várias autoridades, incluindo o Ministério da Educação.
Sensibilizado pelo apoio que tem sentido, José Carrapatoso enviou já uma mensagem a vários colegas, onde promete regressar à escola ainda este mês.
 
(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)