Diocese

D. José desafiou a comunidade política e académica a agir sobre os problemas da região

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2019-05-02 10:09

O despovoamento e o envelhecimento populacional que grassa no Nordeste Transmontano, bem como o desemprego entre os jovens preocupam o bispo da Diocese de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, que defende: “ Não basta constatar, é necessário e urgente agir e dar memória ao futuro!”, refere na sua homilia da Eucaristia da Bênção dos Finalistas do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), celebrada na Catedral no passado sábado. “Os jovens não podem ficar na varanda ou à janela a olhar para a vida que passa na rua. O Papa Francisco tem repetido que os jovens não podem viver sentados num sofá ou nas bancadas. Todavia, se os jovens nos fazem falta, há que dar as oportunidades capazes de se fixarem neste território encantador, continuando a perseguir o fito do acesso ao trabalho, combatendo o despovoamento e as desigualdades sociais”, sublinha D. José perante uma catedral completamente lotada.