Atual // Bragança-Miranda

Diocese volta a receber um mosteiro quase 500 anos depois de Castro de Avelãs

AGR em Qui, 26/10/2017 - 09:23

A aldeia de Palaçoulo, no concelho de Miranda do Douro, foi o local escolhido para a instalação de um mosteiro, 472 anos depois do encerramento do de Castro de Avelãs.
O “Mosteiro Trapista de Santa Maria, Mãe da Igreja” surge do Mosteiro de Vitorchiano (Itália), pertencendo à Ordem Cisterciense da Estrita Observância (OCSO) também conhecida como “Trapista”, e fundada em 1098. É um Instituto de Vida Consagrada de Direito Pontifício, formado por Mosteiros de Monjas e de Monges.
LEIA A NOTÍCIA COMPLENA NA EDIÇÃO IMPRESSA OU EM PDF (on line).