Atual // // Entrevista a António Batista - Candidato à Concelhia de Bragança do PSD

“É na diferença de opinião que os partidos crescem”

AGR em Qui, 05/04/2018 - 09:21

Na primeira entrevista desde que apresentou a lista com que vai a eleições numa estrutura do PSD pela primeira vez, António Batista traça as linhas mestras com que pretende governar a Concelhia de Bragança.

O seu nome já foi falado várias vezes em diversos momentos eleitorais mas nunca chegou a ser oficializado. Até agora. António Batista, de 45 anos, aceitou o repto de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela equipa de Luís Afonso - da qual já fazia parte - na Concelhia de Bragança do PSD e avança como cabeça de lista às eleições deste fim de semana.

Mensageiro de Bragança: Porque decidiu candidatar-se?
António Batista:
Sou candidato porque, conjuntamente com toda a equipa, tenho disponibilidade e determinação para trabalhar em prol da sociedade. Pretendemos aproximar os militantes e simpatizantes do PSD da vida política e, juntos, continuar a trabalhar na defesa do superior interesse dos cidadãos do nosso concelho.

MB.: Que balanço faz do trabalho da Concelhia nos últimos dois anos?
AB.:
Faço um balanço muito positivo, pois com o seu trabalho ajudou o nosso partido a ter uma vitória histórica nas últimas eleições autárquicas.  Foi uma equipa bem l iderada, unida, solidária e de trabalho.Todas as lideranças anteriores aliaram o trabalho a sucessivas vitórias. Pessoalmente, tenho de agradecer a oportunidade de ter pertencido a essa equipa vencedora.

MB.: Sendo esta uma lista de continuidade, que medidas pretende implementar no seu mandato, caso venha a ser eleito [à hora do fecho desta edição, mais nenhuma lista se tinha apresentado, mas o prazo termina apenas esta quinta-feira]?
AB.:
Pretendemos integrar, ouvir, aproximar os militantes e os simpatizantes da vida política e continuar a formar novos quadros no partido. Estamos convencidos que motivando as pessoas para a partilha de saberes e valores, assentes no respeito pela diferença de opinião, juntos vamos constituir uma equipa forte e coesa. Também queremos crescer ainda mais.

 

(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)

 

Tags: