DIOCESE

Fundação Betânia ministra formação com desfribilhador

Publicado por Redação em Sex, 2018-12-14 10:43

As doenças cardiovasculares são uma causa que se destaca na mortalidade das populações. Por vezes, as vítimas chegam sem vida aos hospitais, sendo muitas vezes a morte súbita a causa. Em Portugal ocorrem todos os anos 10.000 casos de morte súbita cardíaca.

A utilização de DAE – Desfibrilhador Automático Externo por pessoal não médico aumenta significativamente a probabilidade de sobrevivência das vítimas pelo que, a Fundação Betânia decidiu investir neste Programa de Formação, formando vinte profissionais, com diferentes responsabilidades na Instituição: Ajudantes de Ação Direta, Diretora de Serviços, Enfermeiras e coordenadores dos principais setores de atividade.