Igreja // Jornadas Mundiais da Juventude

Jovens da diocese Bragança-Miranda já estão no Rio

Giovanna Miranda em Qui, 25/07/2013 - 14:38

Os sete jovens da Diocese de Bragança-Miranda participaram já na Semana Missionária e estão a viver a experiência da Jornada Mundial da Juventude com milhões de jovens vindos das diversas partes do mundo para viver a grande festa Fé.
Todos os momentos são vividos com grande intensidade, em particular, não se pode deixar de mencionar a importância das catequeses, que assumem um lugar central no programa da JMJ. Os jovens portugueses animam duas catequeses na Paróquia da Ressurreição e Paróquia de N. Senhora de Copacabana. O tempo de catequese oferece a ocasião de escutar uma palavra de fé, na própria língua, convidando-os a entrar numa relação pessoal com Cristo, em comunhão da com outros. Além da homília do bispo, são muito importantes os testemunhos e os momentos de partilha.
O nosso Bispo D. José Cordeiro é também Bispo Catequista. Os temas das Catequeses Sede de esperança, sede de Deus dia 24, Ser discípulos de Cristo no dia 25 e dia 26 Ser missionários: “Ide!”
Partilhamos o testemunho de uma das jovens:
“Jornada é descoberta, é caminhada, é companheirismo e acima de tudo, aprendizagem. É a descoberta de nós mesmos enquanto cristãos e uma confirmação da nossa fé. É uma aprendizagem constante de como ser cada vez melhor, e de como encontrar Deus nos pequenos gestos do dia-a-dia, como um sorriso ou abraço.
Começa hoje oficialmente a jornada, mas já estamos no Rio há uma semana, a participar na semana missionária. Desde o primeiro momento fomos recebidos calorosa e generosamente pela comunidade brasileira, que tem feito de tudo para que este encontro corresponda e ultrapasse todas as nossas expectativas.
Foi uma experiência muito enriquecedora, que nos possibilitou o contato direto e próximo com diferentes testemunhos de fé, nas diferentes paróquias - como a de Santa Teresinha e de S. Tomé-, que nos comoveram e transformaram. Tivemos ainda a oportunidade de visitar diferentes locais marcantes na cultura brasileira, que espelham, de certa forma, a nossa própria cultura, como Petrópolis e o Real Gabinete Português de Leitura. No topo do Corcovado, presenteamos o santuário do Cristo Redentor com uma imagem de Nossa Senhora de Fátima e celebramos a eucaristia em comunhão com outros peregrinos de diversas nações, e após subir a escadaria da Penha, rezamos o terço nesse santuário.

Tags: