Olhar // // Diocese - Instituto Diocesano de Estudos Pastorais

Marcelo Rebelo de Sousa abriu o novo ciclo de estudos

AGR em Qui, 29/10/2015 - 09:26

Formar os leigos é fundamental para a sobrevivência da Igreja nos tempos que correm. Essa foi uma das ideias defendidas por Marcelo Rebelo de Sousa, em Bragança, na passada sexta-feira, numa oração de sapiência na abertura solene do novo ciclo de estudos do IDEP, o Instituto Diocesano de Estudos Pastorais, criado por D. António Rafael e recuperado por D. José Cordeiro, atual bispo da diocese de Bragança-Miranda.
“É fundamental. Já antes do Concílio Vaticano II ficou muito claro que ou são os leigos a irem aonde não pode ir o Clero, por razões de número, de ocupação pastoral, de estatuto e são os leigos que estão nos locais de trabalho, da escola, de lazer, de desporto, de cultura, de atividade económica, empresarial, e, portanto, assumem o seu papel pastoral ou então, a Igreja, que somos nós, e que é esmagadoramente constituída por leigos não está a cumprir a sua função. Mas depois é preciso que os leigos estejam preparados para isso. E essa preparação implica formação.