Olhar // Vinhais

Mil Diabos à solta pelas ruas

Glória Lopes em Qui, 26/02/2015 - 09:31

Dizem que a tradição se perde nas brumas da memória, como tantas outras quando é difícil de obter explicações para as origens, mas deixando de lado estes lugares comuns, foi certo que o diabo e a morte andaram por Vinhais ao entardecer do passado sábado, dia frio, pouco convidativo a atividades no exterior. Compareceram. Não se furtaram e desempenharam a sua tarefa. Eram muitos, os diabos. Nunca antes por ali se tinham visto tantos. “Mais de 1250”, garante o vereador da Cultura, Roberto Afonso, que avaliza os seus números “na quantidade de fatos distribuídos pelo município a quem os solicitou e que podemos contar”, a que acrescentou as indumentárias que alguns levaram de casa e que mandaram confecionar à única artesã que ainda se dedica a esta tarefa em Vinhais.