Ambiente

Ministro do Ambiente defende que áreas protegidas devem ser ativos diferenciadores do território

Publicado por Francisco Pinto em Qui, 2017-02-09 09:41

O ministro do Ambiente, José Pedro Matos Fernandes, é da opinião de que houve um abandono das áreas protegidas nos últimos anos e que estes espaços não foram geridos como ativos diferenciadores do território.
"Parece evidente o abandono a que os parques naturais foram votados nos últimos anos e nunca foram geridos como ativos diferenciadores. Os municípios que têm áreas protegidas podem fazer, desse mesmo território, um território diferente", frisou o governante.
O governante falava aos jornalistas, à margem da inauguração do Centro Interpretativo do Mundo Rural que ocorreu em Mogadouro, também ele integrado do Parque Natural do Douro Internacional, a segunda maior área protegida do país.