Cultura // Bragança

Realizador da Universidade Católica quer levar Alfaião para o Mundo

António G. Rodrigues em Seg, 25/01/2016 - 15:41

A aldeia de Alfaião, às portas de Bragança, com cerca de 200 habitantes, corre o risco de se tornar conhecida em todo o mundo, depois de ter sido escolhida como cenário principal de um documentário que será exibido em festivais em todo o globo.
André Almeida Rodrigues, jovem realizador de Leça do Balio, de 27 anos, decidiu documentar o dia a dia de uma típica aldeia portuguesa. “Tinha sete ou oito possibilidades mas, depois de contactar o presidente da Junta de Freguesia, escolhi Alfaião”, explicou o realizador ao Mensageiro.
As notícias publicadas há um ano foram o mote que conduziram o estudante de mestrado em som e imagem da Universidade Católica Portuguesa (UCP) a este recanto transmontano. “Pesquisei aldeias portuguesas e surgiram-me logo notícias de Alfaião”, contou, apontando, entre elas, as publicadas no Mensageiro sobre a dinâmica empresarial que ali se vive.
António Baptista, o presidente da Junta, viu a ideia com “agrado” mas impôs uma condição, “que retratasse o que, de facto, é hoje viver numa aldeia como Alfaião e que filmasse um exemplo da cada vivência. Não é só o burrinho e o velhinho”, frisou o autarca, enaltecendo que, para além da parte mais rural, a freguesia tem “várias empresas fixadas”.
 
(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)