Atual // Mirandela

Rio Tua apresenta uma cor esverdeada e uma mancha oleosa

Glória Lopes em Sex, 22/09/2017 - 15:03

A estrutura do Bloco de Esquerda em Mirandela denunciou esta sexta-feira uma nova descarga poluente no Rio Tua, que ontem "foi brindado com um aspecto oleoso" numa vasta extensão.
O BE reclama uma acção de inspeção com carácter "de urgência"  sobre o acontecido e uma punição exemplar para os responsáveis por este atentado. "Para além desta atitude reativa, é necessário, igualmente, garantir uma fiscalização apropriada para que estas descargas não se repitam. A Câmara Municipal de Mirandela não pode deixar passar sucessivos atentados ambientais e nada fazer, preocupando-se apenas com o desligar do repuxo. Não é possível que um rio que atravessa a nossa cidade e aldeias esteja extremamente poluído", refere a força partidária num comunicado enviado à imprensa. O caso já está a ser acompanhado pela Agência Portuguesa do Ambiente e pelo SEPNA da GNR, que já fizeram recolha de amostras de água para detetar a origem do problema, que pode estar relacionado com o baixo caudal do rio que suscita o aparecimento de algas e ainda não está provado que existam indícios de descargas poluentes. A origem da cor verde e da mancha oleosa ainda está a ser investigada por estas duas entidades.