Bragança

Rixa no Hospital acabou sem prisão

Publicado por Glória Lopes em Qua, 2013-05-29 18:22

Ninguém foi para a prisão no caso da rixa entre dois grupos rivais que causaram distúrbios no Serviço de Urgência do Hospital de Bragança a 18 de junho de 2011. Foram julgados cinco homens, mas todos ficaram em liberdade, com penas de multa ou penas suspensas.
Um dos arguidos foi condenado a 1 ano e 10 meses de prisão, com pena suspensa por igual período, pelo crime de ofensas à integridade física qualificada. Um segundo foi condenador a 1 ano e seis meses de prisão, com pena suspensa por igual período, e ao pagamento de uma indemnização de 1900 euros, por posse ilegal de arma proibida.