Atual // Economia

“Se não fosse a junta pagava a um contabilista para me entregar o IRS"

Glória Lopes em Qui, 19/04/2018 - 09:24

Alunos da licenciatura em Contabilidade do Instituto Politécnico de Bragança (IPB) começaram no dia 11 de abril a deslocar-se a várias aldeias deste concelho  para ajudar a entregar o IRS  a quem solicite o seu apoio. Este ano é o primeiro em que a submissão é exclusivamente e obrigatória por meios digitais, via Internet. O papel deixou de ser uma alternativa mas muitos são os afetados. Uns por não terem meios informáticos disponíveis ou não saberem lidar com a Internet ou não terem familiares a quem recorrer.   
A iniciativa resulta de um acordo entre a Autoridade Tributária, a câmara de Bragança e o Instituto Politécnico. Num primeiro momento funcionários das Finanças deram formação aos autarcas, agora são os alunos que se vão deslocar a oito freguesias para ajudar a população. As juntas de Espinhosela, Gimonde, Carragosa, Rebordãos, Santa Comba de Rossas, Grijó de Parada e Parâmio agarraram esta oportunidade