Gestos que fazem a diferença!...

Conjuntamente com um outro elemento da Direção, Carlos Touças, e a respetiva Diretora de Serviços, Marisa Lopes, em representação do Centro Social Paroquial de Izeda, estivemos presentes, no passado dia 14 de julho, na cerimónia de entrega de novas viaturas, organizada no âmbito do Projeto “Frota Solidária”, promovida pela Fundação Montepio.
Nesta 9.ª edição da “Frota Solidária”, que decorreu na vila de Cascais, foi, assim, consumada a entrega de 18 viaturas novas, adaptadas, a outras tantas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS`s) de todo o país.
A nossa presença, a única do Nordeste Transmontano, ficou a dever-se, naturalmente, ao facto de ter sido atribuída ao Centro Social Paroquial de Izeda, uma viatura de nove lugares, dos quais dois adaptados a pessoas com mobilidade condicionada.
Tratando-se de um interessante projeto de solidariedade desenvolvido pela Fundação Montepio, que consiste na transformação do montante que, em cada ano, um considerável número de contribuintes atribui àquela organização, via Consignação Fiscal, numa frota de viaturas que, depois de transformadas e adaptadas às necessidade de cada intervenção social, são oferecidas a IPSS`s com atividade reconhecida por todo o país, que este ano ascendeu a um montante global de 467 mil euros, foi com bastante agrado que participei na cerimónia. É que, para além do convívio proporcionado por pessoas oriundas de vários pontos do país e contando com a presença de António Tomás Correia, Presidente da Fundação Montepio, Frederico de Almeida, vereador da Câmara de Cascais, assim como de membros do Conselho de Administração da Fundação em causa, dirigentes das mais representativas instituições do setor social e económico nacional, foi importante ver uma IPSS do distrito de Bragança ser contemplada com uma das viaturas expostas.
Devo dizer que gostava de ter visto mais IPSS`s do nosso distrito nesta cerimónia, sinal de que ao interior nordestino tinham sido atribuídas mais viaturas adaptadas. Todavia, não posso deixar de me congratular com este gesto solidário da Fundação Montepio, porquanto, para além de reconhecer o trabalho positivo, em prol do tratamento/acompanhamento dos idosos, que se realiza, sustentadamente, no Centro Social Paroquial de Izeda, e cujos responsáveis anteriores tiveram um trabalho meritório neste processo, acaba por vir a colmatar uma necessidade urgente e que muito contribui para facilitar a vida a quem se vê confrontado com as dificuldades inerente à mobilidade reduzida daquela gente.
Pode, assim, dizer-se que, com esta nova viatura, o C. S. P. Izeda vai melhorar significativamente a resposta às solicitações e necessidades, qualificar mais os seus serviços e cumprir, ainda melhor, sua missão, já que passa a disponibilizar uma capacidade de mobilidade e adaptação a novos desafios, consideravelmente melhorada. Cada vez mais, as nossas instituições sociais devem procurar operar de forma séria, ativa, empenhada e participativa, no contexto da sua verdadeira dimensão e projeção, dando as respostas possíveis à medida em que os utentes precisam delas, contribuindo para um futuro cada vez mais humanizado, solidário e confiante.
Reconhecendo o mérito dos anteriores responsáveis, neste contexto, em nome da atual Direção do C.S.P. Izeda, neste espaço mediático, quero deixar os meus agradecimentos à Fundação Montepio, ao mesmo tempo que expresso o meu desejo de que a nossa região não seja, NUNCA, esquecida, mas continue a ser lembrada e contemplada no futuro, ainda mais, se possível, do que tem sido no passado.
Num país como o nosso, vivenciando uma situação difícil, a vários níveis, é importante que sejam concretizados Gestos que fazem a diferença!....