O profissional do amanhã na empresa de hoje

Em um período de incertezas no ambiente geopolítico internacional como estamos o ambiente empreendedor se torna uma incógnita ainda maior, sem espaço para erros. Este cenário geopolítico trás consigo incertezas econômicas e sociais, ciclos de crescimentos econômicos cada vez mais curtos e frágeis.  Como criar negócios inovadores de crescimento sustentável neste contexto? Uma empresa só é forte e competitiva se conseguir manter-se em alto desempenho e inovadora. E inovação e performance são possíveis somente se a empresa reunir uma equipe forte e engajada.  Este não é um desafio trivial.
Empresas procuram profissionais que entregam mais resultado com menos recurso financeiro disponível.  De acordo com o Instituto Nacional de Estatística os empresários irão investir menos em suas empresas no ano de 2017 em comparação a 2016, o resultado apresentou um crescimento nominal de 3,8% dos dispostos a investir, contra 6,5% em 2016. Mas um fator complicador para as empresas é a escassez de mão de obra qualificada. Em 2017 as empresas em Portugal que pretendem recrutar chega à marca de 73%, contra 71% dos profissionais que procuram novos desafios profissionais, segundo relatório da Hays.  Estes números indicam que as empresas estão à procura de profissionais qualificados para diminuir custos e aumentar o desempenho, mas os profissionais não estão à procura de novas oportunidades, mesmo quando insatisfeitos em seus locais de trabalho. Mas no mundo em que o trabalho é uma grande busca de significado, as pessoas não irão passar o resto de suas vidas na mesma empresa, qualquer que ela seja, as pessoas buscam significado o tempo todo em sua rede social pessoal e profissional.  O desafio é bilateral; o desafio da empresa é contratar profissionais qualificados e mantê-los engajados e o desafio dos trabalhadores é manter-se atualizados as novas competências e mudanças tecnológicas.
As tecnologias os novos sistemas estão ocupando diversos postos de trabalho e tanto os profissionais quanto empresas só irão sobreviver a estas mudanças se rapidamente se adaptarem a este contexto.  O domínio de novas tecnologias, Literacia e Matemática serão as competências mais importantes do século XXl segundo estudo publicado pela Defy Media. E as características mais importantes em um profissional, independente de sua idade, serão sua capacidade de resolver problemas complexos, seu pensamento crítico, criatividade e comunicação, curiosidade, iniciativa, persistência, flexibilidade e liderança. Características fundamentais de um profissional inovador e de alto desempenho. Segundo Peter Drucker inovação é pensar no contexto, limites e possibilidades do negócio e orientar todos os esforços para a sua sobrevivência. É encontrar diferencias competitivos sustentáveis através de mecanismo de adaptação da empresa ao seu contexto ou da recriação da empresa ao contexto externo a ela.  Criar um ambiente de cultura de inovação e performance não é um desafio trivial, mas vale o desafio.