castanheiro

Atual // Nordeste Transmontano

Prejuízos a sério só daqui a três anos

AGR/MP em Ter, 04/07/2017 - 11:23

Albino Bento, investigador da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança, acredita que os agricultores só comecem a sentir quebras de produção mais acentuadas dentro de dois a três anos.

O ex-presidente da Escola Superior Agrária foi um dos convidados da sessão que decorreu em Vinhais. Ao Mensageiro, explicou que a situação não é dramática ainda. “São focos ainda...ver mais