Ninguém quer fazer a obra de reabilitação desta fachada

A câmara de Bragança já lançou dois concursos públicos para adjudicar a obra de reabilitação da fachada de um prédio degradado na zona histórica, que apresenta risco em termos de segurança, mas todos ficaram desertos. Está em marcha um terceiro procedimento concursal. “As empresas não concorrem”, garante o presidente da câmara. Ora, afinal a crise na construção civil é uma miragem...