Atual // Macedo de Cavaleiros

Azibo aposta no turismo de mobilidade reduzida

António G. Rodrigues em Sex, 08/07/2016 - 12:04

Uma terceira cadeira de rodas para ajudar as pessoas de mobilidade reduzida a chegar à praia ou mesmo à água foi o prémio que o Instituto Nacional da Reabilitação entregou ao município de Macedo de Cavaleiros depois de ter considerado o Azibo como a melhor praia fluvial do país, segunda melhor de todo o Portugal.
O prémio foi entregue na passada sexta-feira, dia que marcou a abertura oficial da nova época balnear, marcada ainda pela conclusão de alguns trabalhos naquelas que são as praias de excelência do Nordeste Transmontano. “Este foi um ano complicado. Choveu muito e nasceu muita erva, tivemos de fazer recargas de areias, os passadiços também se degradaram. A exigência de uma manutenção normal”, frisou Duarte Moreno, presidente da Câmara macedense, que este ano investiu cerca de 60 mil euros na conservação e melhoramento daquela zona balnear, que há 14 anos recebe a Bandeira Azul. Este ano foram instalados novos passadiços, que irradiam menos calor, e um local de sombra nas praias para as pessoas com mobilidade reduzida. Esse foi um dos aspetos que permitiu a atribuição do galardão. “O que distingue é Azibo é, não só a envolvência, mas o facto de terem feito um esforço considerável para criarem condições para que as pessoas com mobilidade condicionada tivessem acesso à praia. Não só no estacionamento mas nos caminhos da praia e no acesso à utilização da própria água”, explicou José Serôdio, presidente daquele organismo, admitindo que esta distinção possa ajudar esta região a captar mais um nicho de turistas.
“Haver uma praia acessível é fundamental por duas razões. Para além de ser uma praia para todos, cria condições para que o concelho seja acessível e para que disponhamos de turismo acessível e as pessoas possam vir de outros pontos do país”, explicou.