Igreja // Miranda do Douro

D. José Policarpo visitou Miranda acompanhado de D. José Cordeiro

Francisco Pinto em Qui, 17/10/2013 - 17:22

O Cardeal Emérito de Lisboa, D. José Policarpo, esteve terça-feira de visita a Miranda do Douro, numa passagem que permitiu ao prelado conhecer uma pouco da história, da cultura e dos monumentos da cidade que já foi cabeça de diocese.
Segundo o investigador da cultura mirandesa, António Rodrigues Mourinho, esta é a segunda vez que um Cardeal vem a Miranda do Douro desde a elevação da cidade a sede de diocese, em 1545.
A sede de diocese acabaria por ser transferida para Bragança em 1770. Atualmente a diocese nordestina é designada por Bragança-Miranda desde 27 de maio de 1996.
“É a segunda vez que um Cardeal pisa o solo de Miranda do Douro. O primeiro foi D. Carlos da Cunha e Menezes, em 1823”, avançou ao Mensageiro o investigador.
A visita, embora de carater particular, o Cardeal Emérito foi recebido no Salão Nobre dos Paços do Concelho pelo executivo municipal, numa cerimonia oferecida pela autarquia mirandesa.
D. José Policarpo acedeu assim a um convite do pároco local, padre Manuel Marques, que foi seu aluno.
“Foi com muito gosto que visitei esta bela cidade que é das primeiras sedes de diocese desde fundação de Portugal. Por outro visitei a sua magnífica catedral e fiquei surpreendido. Foi bem recebido e quem sabe se não voltarei um dia de forma mais discreta”, disse o Cardeal.