Diocese

“A Europa está a falhar nas suas raízes mais humanistas na questão dos refugiados” lamenta D. José Cordeiro

Publicado por Glória Lopes em Qui, 2016-01-21 09:38

O presidente da Caritas do Líbano disse que a ajuda aos refugiados “está à beira do colapso”, durante o XVI Encontro de Animadores Sociopastorais das Migrações, que decorreu no Seminário de S. José, em Bragança, entre sexta-feira e domingo. 
“O sistema de ajuda internacional para os refugiados sírios e iraquianos está à beira do colapso”, afirmou o Pe. Paul Karam, que divulgou também que a questão das migrações acarreta consequências “dramáticas”, uma vez que só no Líbano já entrou mais de um milhão de pessoas em fuga. Atualmente uma boa parte dos quatro milhões de habitantes que constituem a população libanesa são refugiados, pelo que a capacidade de resposta é cada vez mais difícil. “Muita gente da Síria tem entrado no Líbano, com situações precárias a nível sanitário, humano, alimentar e higiénico”, explicou.
LEIA A NOTÍCIA COMPLETA NA EDIÇÃO ONLINE OU EM PDF