Atual // Bragança

Marcelo surpreendeu no aniversário da Santa Casa

AGR em Qui, 07/07/2016 - 16:50

Não estava prevista mas a presença inesperada de Marcelo Rebelo de Sousa nas comemorações dos 498 anos da Santa Casa da Misericórdia de Bragança acabou por ser “o ponto alto” das festividades, segundo o Provedor, Eleutério Alves.
“Estamos praticamente nos 500 anos da instituição. Este ano procurámos mostrar as boas práticas da Santa Casa, mostrar a instituição à comunidade e atrair a comunidade à instituição. Julgo que foi um objetivo conseguido”, frisou Eleutério Alves, que se mostrou agradavelmente surpreendido com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que parou na Praça da Sé, onde decorriam as comemorações, terça-feira, quando se dirigia para o Museu Abade de Baçal.
“Foi interessante. Deu ainda mais dignidade às comemorações. Foi uma boa partilha de afetos. Considero mesmo que foi o momento alto destas comemorações”, sublinhou Eleutério Alves.
O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Bragança já tinha endereçado um convite informal a Marcelo Rebelo de Sousa, durante a campanha eleitoral para as Presidenciais, para marcar presença nas comemorações dos 500 anos da instituição “e para presidir à comissão de honra dessas comemorações”, explicou o Provedor.
Apesar de não estar no programa da visita oficial a Bragança, na terça-feira, Marcelo Rebelo de Sousa correspondeu, assim, ao repto lançado pelo Mensageiro de Bragança ainda na cerimónia que decorria nos Bombeiros Voluntários, apesar de nem todos na comitiva concordarem. Quando passou pelo local, Marcelo mandou mesmo que os carros da comitiva se detivessem e foi cumprimentar as dezenas de pessoas que ali estavam.