A mesma história no centro histórico

O aumento dos visitantes à cidade de Bragança começa a ser constrangido pelas limitações das ruas do centro histórico da cidade. A intervenção do Programa Pólis semeou bolas de ferro que, na sexta-feira, aprisionaram um autocarro na Praça da Sé, forçado a sair de marcha-atrás depois de muito suar (foto da direita). Já esta semana, um carro mal estacionado mostrou que a antiga Av. do Sabor continua pouco prática, apesar dos esforços de remodelação.  A questão que se coloca é a seguinte: e em caso de emergência, como é? Ainda por cima, terça-feira à noite houve um incêndio num edifício da Rua Direita. Está na hora de atuar.