Atual // Bragança

Atrasos no pagamento do serviço de transporte de doentes dificultam as finanças dos Bombeiros de Izeda

Glória Lopes em Qui, 08/03/2018 - 10:04

O atraso por parte do Estado no pagamento dos reembolsos das verbas relativas ao transporte de doentes, assegurados pelos bombeiros, deixa a Corporação de Izeda, no concelho de Bragança, sem dinheiro em tesouraria para saldar as dívidas mensais aos fornecedores. A situação foi denunciada pelo presidente da Associação Humanitária de Bombeiros de Izeda, João Lima, que admitiu que “tem os pagamentos aos fornecedores sempre atrasados cerca de dois meses, porque os verbas do Estado não chegam para pagar a Segurança Social dos bombeiros profissionais da corporação”, referiu durante a assinatura dos protocolos de colaboração entre as duas associações de bombeiros do concelho de Bragança e a câmara,  na passada terça-feira.