Igreja // Vinhais

Celas é um exemplo de partilha de recursos

AGR em Sex, 05/02/2016 - 08:02

A partilha de recursos é o caminho a seguir e já é isso que acontece no Centro Social Paroquial de S. Genésio, em Celas (Vinhais). Esta valência, inaugurada no sábado por D. José Cordeiro, é gerida pela mesma equipa que está à frente do Centro Social Paroquial N. Sra. do Amparo, em Rebordãos, no concelho de Bragança. “São já frutos do trabalho de reorganização das unidades pastorais. Embora Celas seja do município de Vinhais pertence à Unidade Pastoral que está sediada em Rebordãos, no concelho de Bragança. As paróquias, as comunidades, não têm fronteiras. A caridade é partilhada, a misericórdia é sem fronteiras”, explicou o bispo diocesano, D. José Cordeiro.
“As instituições, os centros sociais paroquiais, as várias comunidades partilham recursos, partilham saberes, partilham experiências, partilham a vida, respeitando as autonomias, as normativas sociais e que existem em cada município mas o centro é a pessoa, a dignidade da pessoa humana. Aqui, como noutras realidades podemos testemunhar isso. A diaconia da caridade, a par da liturgia e da catequese, que são as três dimensões da vida da Igreja, inter-relacionam-se e auguro com muita esperança o presente e o futuro, em concreto, desta instituição”, frisou, ainda, o prelado.
Este centro está já a prestar apoio domiciliário a dez utentes, mas tem capacidade para acudir a 25. “É uma zona onde os utentes sentem muitas carências, ao nível de habitação e não conhecem este tipo de respostas sociais. Apesar de ter só SAD tem ótimas instalações. Queremos também investir muito na formação dos cuidadores informais. E já temos uma viagem programa para dia 20, ao presépio do Cavalinho, em Espinho”, disse a diretora técnica, Jacinta Lemos. Neste momento estão a ser prestado os serviços de alimentação, da higiene e conforto, do tratamento de roupas, teleassistência e enfermagem.
 
(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)