Igreja // Diocese

D. José Cordeiro desafiou os fiéis a recentrarem-se no “essencial” durante a abertura do Ano Pastoral

Glória Lopes em Qui, 24/10/2013 - 10:29

 
 
As unidades pastorais, cuja implementação prossegue a bom ritmo na Diocese de Bragança - Miranda, estiveram em destaque na abertura do Ano Pastoral, no passado sábado, 19, no salão nobre da Escola Emídio Garcia, em Bragança. “Estamos no começo de um começo”, referiu D. José Cordeiro, bispo diocesano, na sessão que contou com a presença do clero e de leigos da diocese, bem como do padre José San José Prisco, professor da Faculdade de Direito Canónico da Universidade Pontifícia de Salamanca.  
O pastor da diocese brigantina lembrou que se está a abrir caminho, com a fundamentação bíblica, teológica, pastoral, canónica das unidades pastorais, desde há 50 anos, com o Concilio do Vaticano II e, sobretudo, na Diocese de Bragança -Miranda, desde o ano 2000 que a fundamentação estava feita. Mas só no ano passado foi possível iniciar a implementação no terreno.