Cultura // Bragança

Jorge da Costa esmiuçou a obra de Graça Morais em Territórios da Memória

Glória Lopes em Qua, 21/01/2015 - 17:06

O primeiro livro de Jorge da Costa, “Graça-Morais -Territórios da Memória”, foi considerado por Laura Castro, docente da Universidade Católica Portuguesa, “um roteiro” da obra da artista desde a origem, em 1980, até 2008, ano em que foi inaugurado Centro de Arte Contemporânea Graça Morais (CAC), em Bragança, do qual o autor é diretor. “É uma espécie de roteiro, apesar de muito sucinto, é muito completo e vai conjugando todas as peças do sistema artístico em redor da obra de Graça Morais”, acrescentou a docente, à margem da apresentação pública da publicação, no passado sábado, no CAC.