Fonte que jorra demais

A fonte que se situa num complexo habitacional à entrada do bairro do Campo Redondo, em Bragança, tem sido alvo da insatisfação dos moradores. Queixam-se que as entradas para os canos são mal vedadas o que faz proliferar ali os roedores, que saltam depois para as casas. “Alguns parecem coelhos”, afiançam, na esperança de atrair algum amante da caça que, à falta de outra solução, resolva o problema. Mas as fugas de água também preocupam, sobretudo num ano de seca, mesmo com a neve a cair. Será uma fuga para a frente?

 

Edição
3661