Atual // Nordeste Transmontano

Marcelo recebeu freixo histórico em Belém

Francisco Pinto em Qui, 23/03/2017 - 11:12

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou a plantação do Freixo de Duarte d' Armas nos jardins do Palácio de Belém como um símbolo de "resistência e resiliência" do país.
O chefe de Estado recebeu no, Dia da Floresta, que s e assinalou na terça-feira, o primeiro “clone” da árvore simbólica de Freixo de Espada à Cinta, que tem mais de 500 anos de idade e que foi plantado nos jardins do Palácio de Belém.
Para Marcelo Rebelo de Sousa, "trata-se de um momento simbólico para o nosso país. Este ato retrata um momento de resistência e resiliência para o país, tal como acontece com o freixo e outros freixos".
"É simbólico que o freixo [Freixo de Duarte D'Armas] aqui fique porque é uma homenagem aos portugueses que vivem no interior e aos que estão espalhados pelo mundo", enfatizou.
Depois das palavras, Marcelo Rebelo de Sousa passou aos atos e ajudou um grupo de quatro "alunos de mérito" do segundo ciclo do Agrupamento de Escolas de Freixo de Espada à Cinta a plantar o “clone” , que acharam o Chefe de Estado uma pessoa “bem disposta e bem humorada e acessível”.
 
(Artigo completo disponível para assinantes ou na edição impressa)