Nordeste Transmontano

Covid-19: Distrito de Bragança perto dos 90 casos confirmados

Publicado por FP/AGR em Seg, 2020-03-30 14:38

Bragança com 44 casos e Mirandela com 10, são os concelhos que registam mais infetados pela pandemia.

O relatório atualizado da situação epidemiológica em Portugal divulgado, há instantes, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), relativo aos dados confirmados até à última meia-noite, dá conta de que no distrito de Bragança existem 70 casos de pessoas infetadas pelo novo coronavírus, mais 11 que ontem.

No entanto, a DGS ressalva que a informação reportada por concelhos é relativa a apenas 75% dos casos confirmados, ou seja, no distrito de Bragança já existem pelo menos 90 casos da Covid-19.

Bragança continua a ser o concelho com mais infetados (44), e já é o 26º concelho do país com mais casos positivos. Na lista distrital, segue-se Mirandela, com 10 casos e Macedo de Cavaleiros, com sete.

Carrazeda de Ansiães, Vimioso e Torre de Moncorvo já contam com três casos, cada, sendo que Moncorvo figurou na lista há dois dias com três casos, ontem foi retirado e hoje voltou a surgir.

Alfândega da Fé, Freixo de Espada à Cinta, Mogadouro (residente há vários anos em Bragança), Vinhais e Miranda do Douro, também já têm o registo de, pelo menos um caso, mas ainda não figuram na lista disponibilizada pela DGS que decidiu não incluir os concelhos que tenham menos de três casos registados, alegando “motivos de confidencialidade”.

Nas últimas horas apareceram vários casos positivos de pessoas que fazem hemodiálise em Bragança e que estão a preocupar as autoridades de saúde da região.

Refira-se que o distrito teve a primeira vítima mortal infetada pela Covid-19, um homem de 72 anos, natural de Mirandela, mas que residia em Bragança, há vários anos.

Morreu, no sábado, no Hospital de São João, no Porto, onde estava internado, desde o passado dia 16 de março, para onde tinha sido transferido de Bragança, depois de ter sido confirmado, na altura, como o terceiro caso positivo do distrito brigantino.

Nos dados avançados, há instantes, referente ao país, nas últimas 24 horas morreram 21 pessoas infetadas pelo novo coronavírus, o que eleva para 140, o número de mortes no nosso país, e estão confirmados 6408 casos positivos, mais 446 do que ontem, ou seja, mais 7,5%.