Amândio Correia

Dia Escolar da Não Violência e da Paz

“Caracterizar a realidade atual ao nível da delinquência juvenil e da criminalidade violenta de forma compreensiva e integrada, … e produzir recomendações tendo em vista a promoção da segurança objetiva e subjetiva” são as principais finalidades da Comissão de Análise Integrada da Delinquência Juvenil e da Criminalidade Violenta, criada em Junho de 2022, na sequência das convulsões sociais causadas pela pandemia do Covid 19 e das consequências resultantes do regresso à liberdade.


O Natal e a Declaração Universal dos Direitos Humanos

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) fez 75 anos no passado dia 10 de dezembro. A sua proclamação constituiu um marco histórico muito importante no estabelecimento dos direitos humanos fundamentais. A DUDH estabelece e determina que todas as pessoas têm direitos iguais, quaisquer que sejam a sua etnia, sexo, nacionalidade, língua, religião ou qualquer outra condição. Os direitos humanos são inerentes à pessoa humana e à dignidade que lhe é devida. Estes direitos são universais, indivisíveis e inalienáveis.


Polícias de primeira com vencimentos de terceira

Tenho para mim a ideia de que este governo, que agora caiu de podre, após demissão honrosa do Primeiro-Ministro e dissolução da AR pelo PR, não gosta de polícias. De todos? Não. Só de alguns. Em especial não gosta dos polícias da PSP. Esta ideia tem um alvo concreto, o chefe do governo. O Sr. dr. António Costa não gosta dos polícias da PSP. Não é de agora. Já vem desde quando foi Ministro da Administração Interna, nos 2 primeiros anos do governo do dr. José Sócrates, entre 2005/07.


O que querem os polícias?

Através de um comunicado divulgado na tarde de domingo, dia 27 de Agosto, noticiado pela imprensa online, o governo decidiu substituir os responsáveis máximos das duas forças de segurança mais representativas no país. Tomaram posse em 4 de Setembro. Que tenham sucesso no desempenho das novas responsabilidades. Se assim for, continuará bem a nossa segurança. Os portugueses e outros cidadãos residentes e turistas, agradecem e reconhecem.


Estratégia de Prevenção e Segurança Rodoviária 2030

Apesar das evidentes melhorias verificadas no sistema de circulação rodoviária1, tanto ao nível das infra-estruturas como na segurança ativa e passiva dos veículos atualmente em uso e da diminuição muito significativa do número de vítimas nos últimos 20 anos, o governo apresentou agora aos deputados da nação e espera-se que a curto prazo ao país, a nova estratégia de prevenção rodoviária, através da qual pretende reduzir para metade, até ao ano de 2030, o número das mortes e feridos graves ocorridos nas estradas.


A PSP que temos

A JMJ2023 chegou ao fim. Correu bem. Muito bem mesmo. Estão de parabéns todos os que trabalharam e deram o seu melhor para que tal acontecesse. No planeamento estratégico, operacional e tático. Na execução dos planos, em todas as áreas. Ao ponto de a figura máxima, Sua Santidade o Papa Francisco ter publicamente reconhecido e agradecido dizendo que “ a JMJ de Lisboa foi a mais bem organizada que já vi até hoje”.


Breve crónica da Caminhada-Mor Bragança/Cidões – 3.ª Edição – 04JUN23

Até há poucos anos nunca tinha ouvido falar de Cidões, uma pequena aldeia no concelho de Vinhais. Talvez esporadicamente, como sendo a terra natal de alguém conhecido, mas sem nenhuma certeza de localização ou importância. Com a reanimação recente das tradições populares e a mediatização da festa da “Cabra e do Canhoto”, já a conheço um pouco melhor: Sei da sua existência e localização, da sua tradição de festejar este evento na passagem do verão, tempo claro e quente, para o outono, tempo escuro e frio, do empenho dos seus descendentes de lhe dar continuidade.


A Inteligência Artificial e os seus perigos

A Inteligência Artificial (IA), tal como o seu nome indica, é uma inteligência que não é natural, própria do cérebro humano, mas adquirida através das novas tecnologias. Pode definir-se como sendo a capacidade que as máquinas têm vindo a adquirir para obter e reproduzir competências como a aprendizagem, o raciocínio, o planeamento e mesmo a criatividade, até há pouco tempo exclusivas do cérebro humano.


1.º de Maio, Dia do Trabalhado

maio nasceu em 1886. Nesta data, mais de meio milhão de operários saiu à rua, em Chicago, e manifestou-se contra o Estado e as entidades patronais. Reclamavam melhores condições de trabalho e um horário de 8 horas. Estava-se no auge da revolução industrial, de que a cidade de Chicago foi um bom exemplo da exploração da mão-de-obra barata, infantil e em condições miséria, com o objetivo único e exclusivo do lucro. Apesar das manifestações serem pacíficas houve violência policial, com feridos e mortos, mesmo entre os polícias, e muitas detenções.


Assinaturas MDB