Pe. Tiago Alves

Responsabilidade e culpa: hipermercado eclesial!

Todo o homem, e toda a mulher, para o serem verdadeiramente, também na sua condição espiritual, é impulsionado a percorrer os caminhos da sua existência, sempre antigos e sempre novos, numa contínua “aquisição” de relações e de encontros, ainda que enfadonhos, para se realizar entre os seus semelhantes, longe da vitória de uns sobre os outros. Longe dos vícios para se edificar nas virtudes.