// Diocese

Monjas acreditam que as obras do Mosteiro de Palaçoulo estejam concluídas em outubro

Publicado por Francisco Pinto em Qui, 2020-07-09 10:38

Um grupo de monjas trapistas, acompanhadas pelo bispo diocesano D. José Cordeiro, visitaram, na passada segunda-feira, as obras do futuro Mosteiro de Santa Maria Mãe da Igreja que está a ser erguido no lugar do Alacão na freguesia de Palaçoulo, concelho de Miranda do Douro.

Durante a visita as religiosos inteiram-se do andamento das obras que, em sua opinião, estão decorrer a “bom ritmo”, perspetivando a abertura do complexo ligado à denominada Casa de Acolhimento do Mosteiro para o próximo mês de outubro.

“Há muitas coisas novas nesta obra que esta a crescer a bom ritmo desde a nossa última visita que foi efetuada em janeiro. O empreendimento religioso está muito avançado e temos a esperança de morar aqui lá para o mês de outubro de 2020. Ainda vamos ver se conseguimos, mas acreditamos que sim”, disse ao Mensageiro de Bragança a Irmã Giusy, uma das monjas que integra a comunidade trapista que se irá instalar em Palaçoulo.