José Mário Leite

Verso e Reverso

Os direitos de todos os moradores do prédio azul seguramente contemplam a possibilidade de achar que o seu vizinho é um ser detestável porque estaciona sempre o carro com a traseira a ocupar parte da saída da garagem comum, obrigando-os a manobras adicionais, logo de manhã, quando o tempo é sempre demasiado curto para as demoras do trânsito da A5. Igualmente não lhes deverá ser negado o direito de reclamar e de comentar com toda a vizinhança o tipo de ser abominável com quem partilhamos o bairro.


PROPINAS (POUCO) DEMOCRÁTICAS

Não é roubando-lhe algumas das suas bandeiras que se combate o populismo. Pelo contrário, enveredando pelos mesmos caminhos, apenas se confere legitimidade aos respetivos estandartes que, sem qualquer surpresa, a extrema-direita usa e maneja com superior mestria pois foi ali que foram concebidos e promovidos. É conhecida a tentação dos políticos para aderir a medidas populares (Espelho, espelho meu, há alguém mais empenhado no bem-estar de todos do que eu?) sobretudo em períodos eleitorais. Ora esse é um ponto de especial relevância.


Ano Novo, Vida Nova

Antes de terminar o ano findo, Portugal foi o convidado de honra da Feira do Livro de Guadalajara, cujo programa foi para lá da apresentação de livros e escritores. Estiveram igualmente músicos, atores e cientistas. A investigadora do Instituto Gulbenkian de Ciência, Paula Duque foi uma das convidadas. Levou-a ao México a exposição do trabalho que tem vindo a realizar e em que se especializou: o estudo das estratégias desenvolvidas pelas plantas para sentir e responder as condições adversas do meio que as rodeia.


A FALÁCIA DAS EÓLICAS

A propósito do Orçamento de 2019 e da pretensa redução do custo da eletricidade veio, mais uma vez, à baila, a carga fiscal incluída na fatura mensal dos cidadãos. Do valor total que nos é apresentado para pagamento, 55% são taxas e impostos. Não basta termos o sexto preço mais alto da União Europeia como ainda lhe é adicionada uma carga fiscal que é a segunda mais elevada. Só na rica Dinamarca se pagam mais impostos energéticos que em Portugal. Aqui são quase o triplo do que é exigido aos nossos amigos espanhóis e isso é relevante para o que a seguir vou analisar.


Em nome d’Ela

O Culto Mariano perde-se na noite dos tempos e enraíza-se no mais profundo crer da Fé Católica. Tanto assim que a proteção da Mãe de Jesus é procurada pelos cristãos, desde o primeiro momento da celebração da Boa Nova, anunciada há dois milénios.


O DESPERTAR DOS MÁGICOS

O circo chegou e, enquanto se monta a tenda, já são visíveis os ensaios dos malabaristas, no terreiro, à vista de todos. Os mágicos aparecerão mais tarde já com o espetáculo a correr, embora não seja difícil prever os números em cartaz e, em muitos dos casos, os truques são conhecidos ou expectáveis. A regra é a mesma de sempre: todos os sonhos são possíveis e para todos há, se não a realização quase imediata, uma promessa futura ou uma explicação (quase) óbvia. Muitos dos novos números são, na verdade, velhos e conhecidos – apenas lhe mudaram o nome.