Nordeste Transmontano

Trabalhadores de espetáculos aderem a campanha nacional para ajudar colegas em dificuldades

Publicado por AGR em Qua, 2020-06-03 16:00

Um grupo de trabalhadores de espetáculos do distrito de Bragança uniu-se para aderir a uma campanha nacional de solidariedade que visa ajudar colegas em situação aflitiva devido à pandemia de covid-19.

O cancelamento de diversos espetáculos e festas fez com que muitos destes profissionais, que trabalham na maioria a recibos verdes, perdessem os seus rendimentos.

“Surgiu um grupo de gente ligada ao audiovisual. Um deles, o Tiago Cação, começa amanhã a dar a volta a Portugal em bicicleta para chamar a atenção para este problema e a fazer a recolha de bens de primeira necessidade”, explicou ao Mensageiro Paulo Barrigão, um dos mais conhecidos técnicos de som transmontanos.

Ao distrito de Bragança, Tiago Cação chega na próxima segunda-feira, para realizar a quinta etapa, entre Miranda do Douro e Vila Real, passando por Bragança. “Faz uma média de 300 quilómetros por dia”, explicou Paulo Barrigão.

Ainda que, na região, “felizmente não se conhece ninguém nesta situação”, decorre esta semana uma recolha em vários locais públicos de bens de primeira necessidade que serão encaminhados para famílias que precisem.

“Temos caixas colocadas em diversos sítios e as pessoas podem colocar lá o que entenderem, pois não falta quem precise”, frisou Paulo Barrigão.
“Aqui na região, a indústria de espetáculos não está muito desenvolvida e isto acaba por ser um part-time, pelo que a maioria tem outro emprego. E as empresas da região também continuaram a pagar os seus compromissos, o que dá outra segurança aos trabalhadores”, sublinhou.

O Teatro Municipal de Bragança, a escola Vamusica, a União das Freguesias de Sé, Santa Maria e Meixedo, o JP Bar, o Brigantia Ecopark, a barbearia Nomada ou o supermercado Delícias são alguns dos locais onde estão instalados pontos de recolha.