Bragança

Depois de um acto solidário que correu o mundo Braima Dabó só quer concentrar-se nos estudos

Publicado por Glória Lopes em Seg, 2019-10-07 12:21

O Instituto Politécnico de Bragança (IPB) homenageou esta manhã de segunda-feira, Braima Suncar Dabó, aluno desta instituição de ensino, pelo acto abnegado de solidariedade, desportivismo e fair play que teve para com outro corredor durante a prova eliminatória dos 5000 metros nos Campeonatos do Mundo de atletismo no Qatar.
O estudante, atleta no Maia Atlético Clube, foi recibo à entrada da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTiG) pela direção do IPB e pelos colegas que de uma forma 'simbólica' destacaram a importância da sua atitude solidária e o que quiseram aplaudir à chegada .
O conselho-geral do IPB, aprovou um voto de louvor pelo seu comportamento exemplar enquanto atleta e cidadão, durante uma reunião que teve lugar no passado dia 30 de setembro.
Durante a prova no Qatar, no passado dia 26 de setembro, antes de cortar a meta, Braima Dabó, com 26 anos, voltou para trás e ajudou um atleta de Aruba, em dificuldades, a completar a prova, carregando-o, literalmente, até à meta. Braima Dabó, natural do Catió, na Guiné Bissau e aluno da Licenciatura de Gestão, na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Bragança (IPB). "Este aluno personifica o enriquecimento humano que a região tem vivido, fruto do acolhimento de estudantes internacionais por parte do IPB” referiu o presidente do politécnico, Orlando Rodrigues.
Depois das homenagens que se têm sucedido, o jovem, Braima Dabó, disse ao Mensageiro que quer aterrar e dedicar-se aos estudos para concluir as três cadeiras que ainda lhe faltam para obter a licenciatura e prosseguir com o atletismo. "Tudo isto é novo e não estava à espera, porque quando ajudei o meu colega eu só pensei no que devia fazer naquele momento, nada mais", contou. Entretanto, foi nomeado embaixador do Aruba. "Vamos com calma. Fiquei honrado por eles terem, reconhecido o gesto", acrescentou.