Mirandela

Pesca proibida no rio Tua

Publicado por Fernando Pires em Ter, 2019-10-08 18:16

Mancha negra com forte odor que provocou a morte de centenas de peixes leva ICNF a recomendar a proibição de pescar, por tempo indeterminado. Crime ambiental está nas mãos do Ministério Público.
O Clube de Caça e Pesca de Mirandela (CCPM) afixou, ontem, por recomendação do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), um edital a proibir a pesca desportiva na sua área de concessão do rio Tua devido à suposta descarga de efluentes perigosos, a partir da Açude de Eixes, naquele concelho, para jusante, desde o passado dia 22 de Setembro, que tem provocado a morte de centenas de peixes, ultrapassando já uma tonelada, entretanto recolhida pelo serviço de ambiente da câmara de Mirandela.
Mesmo assim, nos últimos dias, tem sido visível a deslocação de uma mancha negra ao longo do rio e de alguns peixes mortos, bem como de um forte odor, que levou os técnicos do ICNF a efetuar novas colheitas de água para análise laboratorial.
Até que os resultados sejam conhecidos, aquela entidade “desaconselha o consumo humano de peixes provenientes desta zona do rio, porque não ainda não sabem qual é a substância poluente que está a provocar a morte dos peixes”, revela o presidente do CCPM, João Ribeiro.
No edital, aprovado pela direção regional de conservação da natureza e florestas do Norte, é referido que, “por motivos de salvaguarda da saúde pública e de recuperação das comunidades piscícolas, a pesca lúdica na área da concessão de pesca desportiva do rio Tua, está proibida”.